Se sentir estufado depois de comer não é normal. Entenda!

Sabe quando você come algum prato pesado e fica se sentindo estufado depois, com dores abdominais? Se você acha que é normal, saiba que está muito enganado! Entenda melhor sobre o assunto.

21 de março de 2019

Nossos hábitos alimentares são os principais determinantes para evitar o inchaço e a má digestão. Porém em alguns casos, não importa a quantidade ou o que comemos, sofremos esse desconforto e por muito tempo, o que acaba afetando em nossa rotina e humor.

Esse desconforto pode ocorrer por diferentes motivos:

1- Consumo exagerado de produtos industrializados
2- Mastigação errada
3- Refeições são feitas na correria.

Nesses casos o estufamento pode ser curado com mudanças simples nos hábitos alimentares:

1- Diminuir o consumo de alimentos gordurosos
2- Corrigir a mastigação
3- Evitar o consumo de bebidas durante as refeições
4- Comer sem pressa
5- Se alimentar de 3 em 3 horas.

No entanto, em alguns casos esse estufamento acontece por causa da má digestão dos carboidratos fermentáveis presentes em alguns alimentos, como feijão, brócolis, repolho, banana, laranja e cogumelos. Para esses casos, você pode usar o Digeliv, enzima que auxilia na digestão de carboidratos fermentáveis, reduzindo as dores e o inchaço abdominal, além dos gases intestinais e ainda melhora a absorção dos nutrientes durante as refeições.

Lembrando que é importante consultar um médico antes de fazer uso, além de seguir corretamente todas as suas orientações.

Fonte: Medicina – Mitos e Verdades