Por que não podemos abrir mão dos vegetais?

10 de setembro de 2018

Sabemos que alguns vegetais, como brócolis, couve, couve-flor e repolho, por exemplo, contém carboidratos fermentáveis e podem causar desconfortos abdominais na hora da digestão. Mas, por que não podemos simplesmente eliminá-los da dieta?

Não é novidade que os vegetais exercem um papel fundamental no bom funcionamento do nosso organismo. Eles são ricos em potássio, vitaminas, ferro, sais minerais, fibras e ainda contém enzimas que se ligam às gorduras de origem animal, como carne e laticínios, eliminando-as do organismo.

Quando se fala em uma refeição saudável, quanto mais colorido for o prato, melhor! As cores demonstram fortes características nutricionais e, dentre os grupos de vegetais, se fazem ainda mais relevantes para sabermos as fontes consumidas diariamente.

Segundo a nutricionista Paola Lisboa, “ter um prato colorido faz com que você tenha uma oferta mais variada de nutrientes. Um prato com 5 cores, por exemplo, traz inúmeros benefícios à saúde, atuando da melhora de diversas funções do organismo, desde o funcionamento do cérebro, intestino, e atuando assim na prevenção e possível cura de doenças”.

Então, se você não quer abrir mão dos inúmeros benefícios advindos dos vegetais, conte com Digeliv, a enzima Alfa galactosidase que auxilia na digestão dos carboidratos fermentáveis contidos em alguns alimentos, e assim você aproveita os pratos que ama sem preocupações!

Fonte: http://www.conquistesuavida.com.br